Notícias

tendinopatia2

 

Muitos que praticam esportes, já tiveram uma dor na região dos tendões dos joelhos, principalmente no patelar (abaixo da patela) e já receberam um diagnóstico de tendinite. Porém ai vemos o primeiro engano. A patologia dificilmente se apresenta com um processo inflamatório, ou seja não é uma tendinite e sim uma tendinopatia (doença do tendão), corriqueiramente causada por overuse. Isto acontece por uma desorganização da microestrutura do tendão.

tendinopatia-1

Pode se apresentar com sintomas agudos, pós um aumento de carga no treino, de período curto, sendo isto caracteristicamente uma tendinopatia reativa. Porém mantendo a sobrecarga no local afetado a patologia pode evoluir para um problema estrutural, o que traz sintomas mais prolongados e um tratamento mais trabalhoso.

Os esportes que mais apresentam tal problema são os esportes de salto e força (basquete, vólei, handebol, futebol, crossfit) e os esportes de endurance (corrida, ciclismo)

Quais os sintomas?

Principalmente dor insidiosa, com uma localização bem definida, que tipicamente melhora após o inicio do exercício porém apresenta piora após o termino da atividade.

O que faz com que eu tenha este problema?

Como falado, a carga aumentada de treino é o principal fator desencadeante, porém existem alguns fatores que podem colaborar para o aparecimento:

-mulheres são mais propensas a apresentar tal problema

-aumento da pronação dos pés

-possível diferença de tamanho entre membros

-aumento do varo do joelho

-sobrepeso

-tipo de piso utilizado para o treinamento: quanto mais rígido, pior.

Preciso fazer algum exame?

O diagnóstico se dá clinicamente, feito com uma certa facilidade por um especialista em trauma esportivo, porém alguns exames são muito utilizados principalmente para avaliar qual a extensão do problema. Pode ser solicitado radiografias, ultrassonografia ou ressonância magnética.

tendinopatia5
Lesão estrutural no tendão patelar

O que fazer???

Primeiramente, este é um problema por excesso, ou seja devemos retirar parte ou toda a carga de treino normal para começar a melhorar. Podemos lançar mão de remédios para melhora da dor, porém não são a solução final do problema.

Pode-se iniciar alguns tratamentos locais, com a fisioterapia, tais como gelo, calor, laser, conforme orientações do profissional adequado. Além de existirem boas evidências quanto ao uso de ondas de choques extracorpóreas para o tratamento de tal patologia. Algumas pessoas sentem uma grande melhora no uso do tensor abaixo da patela.

Fita de cinesioterapia
Fita de cinesioterapia
Tensor
Tensor
tendinoparia8
Terapia por ondas de choque

 

Mas o principal tratamento deve ser o treino de força específico para a região da coxa, com foco no treino excêntrico para quadríceps. Isto deve ser realizado pela maior quantidade seguidas de dias possível, normalmente sendo necessário manter o tratamento por até três meses. No início estes exercícios são dolorosos, devendo ser mantidos mesmo com dor.

tendinopatia6                                                                                         tendinopatia7

E cirurgia?

Alguns casos, com extenso desarranjo tendinoso, sem melhora com o tratamento conservador, se beneficiam do tratamento cirúrgico, que consiste basicamente em retirar a parte ruim do tendão, para ocorrer uma cicatrização e formação de um novo tecido adequado no local.

Uma pequena explicação, para que ninguém pare de treinar devido a um problema tão comum. Estamos a disposição!

Ótimos treinos!!!

Dr Bernardo Luz

Deixe uma resposta