fbpx
Notícias

A expectativa de vida da população vem progressivamente crescendo nas últimas décadas e, por isso, a porcentagem de idosos na população geral está cada vez maior.  Estudos mostram que 1 em cada 3 pessoas acima de 65 anos irá ter pelo menos uma queda por ano, sendo esse evento o causador de alguma lesão grave em 10% dos casos.

As lesões por quedas em idosos podem ir desde um mero susto ou um simples ralado até fraturas de fêmur, coluna, face e traumatismos cranioencefálicos. Em casos mais graves, as quedas podem levar o idoso até mesmo a óbito.

Fatores de risco para quedas em idosos

  • Quedas prévias;
  •  Problemas de visão;
  •  Uso de medicamentos ou substâncias psicoativas (álcool/medicações);
  •  Incapacidade de usar dispositivo para caminhar (bengala/andador);
  • Doenças degenerativas/neuromusculares/cognitivas;

 Dicas para prevenção das quedas em idosos

Exercícios físicos regulares (força/equilíbrio/agilidade);

Casa segura:

  • Barras de segurança
  • Retirar tapetes
  • Manter luzes acesas
  • Evitar cabos e extensões

Adequação da medicação;

Tratamento adequado de patologias que possam precipitar mal súbito;

Vitamina D e controle da osteoporose;

Continência urinária.

O que fazer em casa do quedas em idosos

Em caso de queda, deve ser mantida a calma e solicitada ajuda com acionamento do SIATE (193). E, até a chegada do SIATE, o idoso deve ser mantido tranquilo e imóvel aguardando o atendimento pré-hospitalar.

Uma posterior avaliação completa do paciente, feita por um especialista, é fundamental não somente para o diagnóstico e a abordagem correta das lesões no paciente idoso, mas também para uma boa evolução de seu quadro clínico.

Para dúvidas e mais orientações, os especialistas da ORTOPRO estão à disposição.

Dr. José Marcos Lavrador Filho
Cirurgia do Quadril e Trauma Ortopédico
CRM/PR 30395 RQE 21576 TEOT 14638

 

 

Deixe uma resposta