Notícias

No ambiente das academias sempre existe aquela dúvida em alongar antes ou depois dos exercícios, se o alongamento previne ou não as lesões.

O Colégio Americano de Medicina Esportiva (ACSM) publicou uma pauta na oitava edição de 2010, não recomendando o uso de alongamento estático antes da realização de exercícios onde se utilize força e potência (Musculação, Corrida, entre outras atividades intensas). Assim como muitos estudos nos mostram que quando se pratica o alongamento antes de um exercício além da perda de força, você diminui o potencial de contrátil do músculo.

 

 

Porém é importante que haja um aquecimento articular específico para atividade a ser realizada, de forma que prepare a musculatura para receber uma sobrecarga sem perder força, evitando riscos de causar lesões.

Ao final da atividade, depois de esperar alguns minutos de repouso, podemos utilizar o alongamento como forma de relaxamento, um alongamento leve, que diminuirá a tensão muscular causada pelo treino. Mas é preciso ter cuidado para que não haja um estiramento acentuado do tecido muscular, pois depois de um treino existem regiões cheias de micro-rupturas.

O alongamento é peça fundamental em nosso desenvolvimento físico, apenas devemos estar ciente em que momento utilizar esta ferramenta.

 

Ricardo Fagundes

Especialista em Fisiologia do Exercício e Personal Trainer

(41) 984920715

 

 

Deixe uma resposta