Tendinite Calcaria – Cirurgia e Tratamento em Curitiba

Tendinite Calcaria – Tratamentos e Cirurgias em Curitiba

A tendinite calcaria é uma causa frequente de dor no ombro. Essa doença acomete pessoas ao redor de 40-45 anos de idade, sendo mais comum em mulheres. Sua origem não é muito bem compreendida, sendo, em geral, auto-limitada. Porém a dor muitas vezes é incapacitante, levando o paciente ao serviço de emergência para alívio da dor.

O que ocorre é um acúmulo de cálcio no tendão do manguito rotador, com dimensões variáveis e causando dor por 2 mecanismos. O primeiro é pela irritação do tendão pelo cálcio, fazendo a tendinite. O outro mecanismo é por compressão do aparelho burso-tendíneo causado pela calcificação.

Qualquer tendão do manguito rotador pode ser acometido. A dor pode estar presente durante todo o período da doença, porém é maior no período de reabsorção.

A reabsorção do cálcio, pode ser parcial ou total. Nem todos os pacientes vão passar pela fase de reabsorção e a calcificação pode ficar por um longo período, sem causar sintomas exacerbados.

O diagnóstico é feito baseado em exame complementar, sendo o raio-x fundamental. Outros exames como ecografia, tomografia computadorizada e ressonãncia magnética também podem ser solicitados de acordo com a avaliação em consultório

O tratamento envolve o uso de medicamentos anti-inflamatórios e analgésicos, além de, algumas vezes, ser necessário a infiltração. Esse procedimento é a injeção de anestésico e medicação anti-inflamatória diretamente no alvo da dor. Reabilitação faz parte das medidas de combate a dor e ganho de movimento.

Cirurgia para Tendinite Calcaria em Curitiba

Em alguns casos crônicos, em que não houve reabsorção e os sintomas são persistentes, apesar da reabilitação, o tratamento cirúrgico pode ser necessário para realizar a retirada da calcificação. A principal cirurgia para isso é a artroscopia (procedimento realizado com pequenos cortes e introduzido uma câmera). A calcificação no ombro está no meio das fibras do tendão. Para retirá-la, é necessário realizar uma incisão no tendão, fazendo uma aspiração e drenagem dessa calcificação, sendo feita  a sutura do tendão em seguida, quando necessária.

Após a cirurgia, o uso de tipoia por um período curto está indicado. Reabilitação pós operatória é fundamental para o resultado adequado. Um período de tratamento de 3 a 6 meses é esperado e o retorno às atividades é variável para cada paciente.