Notícias

  corrida-get

 

Não temos mais como negar que a corrida de rua se tornou um costume do brasileiro. Um esporte prazeroso, dinâmico, democrático. Porém como qualquer atividade física, algumas pessoas podem apresentar alumas dores e patologias e com certeza dentre os principais diagnósticos a fasceíte plantar tem um lugar cativo.

 

Tá, mas o que é a fasceite plantar?

Primeiramente, a fascia plantar é uma estrutura fibrosa, espessa, tal como um tendão, localizada dentre o calcanhar e os dedos. A fasceite é a inflamação desta estrutura, principalmente na região da inserção com o calcâneo. Sua causa são os microtraumas de repetição na região. Aí que entra a corrida, pois durante a corrida aumentamos o número de vezes que fazemos a carga nos pés, aumentando a chance de iniciarmos com as dores.

 

fascplantar3

E como sei se tenho isto?

Os principais sintomas são dores na região do calcanhar, normalmente inicia-se em apenas um dos pés. A dor é pior logo pela manhã, nos primeiros passos, sendo aliviado com o passar do dia. Pode progredir até mesmo para dor durante o exercício, sendo um empecilho enorme para o corredor.

 

Ok, se tenho dor no calcanhar quer dizer que tenho fasceite plantar?

Provável, mas existem algumas outras patologias que são “concorrentes”. Dentre elas a fratura por stress do calcâneo. Mas daí é um papo para uma conversa com seu médico.

 

Entendido. Mas por que algumas pessoas tem essas dores e outras não?

São várias as variáveis, mas o que podemos dizer é que os principais desencadeantes são:

– aumento a pronação ou supinação dos pés

– uso do tênis inadequado para a corrida ou especificamente para o formato do seu pé

– o terreno muito duro

– encurtamento muscular da panturrilha e da fascia plantar

– uso de calçados muito baixos

– falta de força muscular adequada

 

Excelente. Sei o que tenho, agora só tratar. Como?

Precisamos melhorar a dor, ou seja para começar um bom anti inflamatório ou analgésico. Importante, repouso! Não adianta tentar correr com dor, as coisas tendem a piorar. Lançamos mão também do uso diário de um sapato ou tênis em que o solado posterior seja elevado em relação a parte da frente. Algumas pessoas se beneficiam de palmilhas na região do calcanhar. Acho importante também a massagem da região plantar com  bolinha de tênis ou com uma garrafa pet, além o alongamento da região de panturrilha e da fáscia plantar.
diagnostico-fascite2
 fasceitemassagem

 

Posso voltar a correr?

Com certeza, desde que a dor tenha sumido. E para prevenção, alongue a região da panturrilha e da sola do pé. Ganhe força da região anterior do pé. E sempre, valorize a escolha do seu tênis, faça o teste da pisada e na dúvida peça ajuda para alguém que entenda do assunto.

Espero que tenha ajudado….

 

Dr Bernardo F Luz

 

 

Deixe uma resposta